Vacinação contra a raiva, um ato de amor!

O que se sabe é que não existe cura estabelecida. A única forma de prevenção é a vacina contra a Raiva.

O que é a Raiva?

Considerada uma doença transmissível e sem cura, a raiva é fatal em 100% dos casos, tanto em animais quanto nos humanos. O vírus da raiva está presente na natureza, entre os animais silvestres (especialmente os morcegos). É altamente contagioso e pode ser transmitido aos cães, gatos, bois, cavalos e seres humanos por mordidas e arranhaduras, isto quando a saliva do animal infectado entra em contato com a pele ou mucosa de outro mamífero.

Raiva em cães

É frequente os cães encontrarem morcegos doentes de raiva no chão e lamber e morder. Dessa forma, podem se contaminar sem que o tutor tenha conhecimento e levar essa doença fatal para toda a família, caso a vacina contra a raiva não tenha sido aplicada. Por isto, este mês na Bichos SA estamos com a Campanha contra Raiva e que deve ser constante.

Raiva em gatos

Os gatos, especialmente aqueles com acesso à rua, entram em contato com uma enorme quantidade de animais silvestres e têm mais risco de se contaminar. As atividades de caça, brincadeiras e brigas podem ser bastante perigosas e levar à contaminação por raiva. Afinal, ambos cães e gatos têm o extinto de caça, acabam se deparando com morcegos no quintal e assim vira uma oportunidade para contaminação, pois os mesmos brincam, mordem, lambem...

Sintomas da Raiva

Na doença é possível verificar alterações no sistema neurológico, no comportamento, fotofobia (medo de luz), agressividade, hidrofobia (medo de água), babam e tem falta de apetite.

   Vacina contra a Raiva

 O que se sabe é que não existe cura estabelecida. A única forma de prevenção é a vacina. Vacinar todos os cães e gatos é a forma mais eficaz de se proteger contra a raiva. É importante lembrar, no entanto, que a população não deve esperar apenas as ações do governo para se proteger. A vacina contra a raiva faz parte do calendário de vacinas para cães e de vacinas para gatos e pode ser aplicada em centros de referência como a Bichos SA logo após a adoção.

Doses de vacina contra raiva

A primeira dose das vacinas contra a raiva devem ser aplicadas logo na fase de filhotes, por volta dos 3 meses de idade. Mas atenção: A vacina contra a raiva leva cerca de 21 dias para fazer efeito no organismo do animal. Até lá, o pet poderá estar desprotegido. O reforço é anual ou de acordo com a orientação do médico veterinário.

Além disso, é preciso lembrar que vacina é sinônimo de prevenção. Os animais devem ser vacinados antes de ficarem doentes. Animais que já estejam doentes não podem ser vacinados, sob o risco de piora do quadro clínico.

Mordidas: saiba como agir

As pessoas que forem mordidas por um animal suspeito, devem procurar uma unidade de saúde imediatamente. No local, os médicos vão analisar qual a melhor conduta para cada paciente.

Sobre a vacinação, também é importante ter muito cuidado. O ideal é que a vacina contra a raiva seja aplicada em um local de confiança, por um médico veterinário e com respeito às boas práticas de conservação e manipulação dos medicamentos.

A saúde do seu pet e de toda a sua família depende de você. Converse com os médicos veterinários da Bichos SA sobre a qualidade das vacinas e sobre a periodicidade dos reforços.

Sobre a loja

Presente em Foz do iguaçu há 13 anos, a BichosPetshop, agora faz envios para todo o Brasil, com preços especiais, Encontre tudo oque você procura para o seu Pet aqui na BichosPetshop. CNPJ: 44.705.573/0001-96

Pague com
  • Pix
  • PagHiper
Selos

Comercio de Produtos Veterinarios Bichos Pet Shop Ltda - CNPJ: 44.705.573/0001-96 © Todos os direitos reservados. 2022

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade